capa   15 - sexta   16 - sábado   17 - domingo   18 - segunda   19 - terça   20 - quarta   motociclista

20 de setembro de 2006

Dia 20 de setembro. Comemorações da Revolução Farroupilha. Chove como em todos os anos nesta data. Manso, com jeito de ovelha, El GDM ergue-se de sua cama, põe sua pilcha de viagem e, sob água forte, apronta o animal para mais uma estirada. Serão quinhentos quilômetros sob água e frio até Porto Alegre.

  

El GDM marcha devagarito rumo à saída do povoado e vê, estupefato, dezenas de pessoas carregando avios de mate, cadeiras de armar na direção do desfile patriótico. Passam feito pingo mordendo freio, ansiosos. Chove muito. E ainda assim parece que toda a população da cidade encaminha-se ao evento.

Larga estrada afora. Vai cumprimentando a gauchada emparelhada nas beiradas do corredor. Chama nas esporas a égua Hiena. Um sentimento de chegar logo, de ver a prenda novamente e enrolar-se nos seus braços, de ver a filharada alegre e contente com os regalos comprados, de apontar na porteira e ver a cachorrada latir toma conta.

Chega todo amassado depois do estirão. Estufa o peito. Um alívio incontido desaba no chão feito saco de batatas. A chuva, que foi companheira constante em toda a viagem, é dispensada para outros afazeres. O peão cumpre seu resgate de imergir em campos argentinos. Fez uma legítima gauchada (proeza, façanha).

     



volte para o dia 19 - terça