Página Não-Oficial do Teixeirinha
Obras - Gaúcho de Passo Fundo




Me perguntaram se eu sou gaúcho
Etá na cara repare o meu jeito
Sou do Rio Grande lá de Passo Fundo
Trato todo mundo com o maior respeito
Mas se alguém me pisar no pala
O meu revólver fala e
O bochincho tá feito

Não sou nervoso e nem carrego medo
Eu me criei sem conhecer remédio
Eu meto os peitos em qualquer fandango
Mas quando eu me zango eu derrubo o prédio
Eu sou gaúcho e se me agride eu tundo
Sou de Passo Fundo do Planalto Médio

Me perguntaram qual era razão
De ter orgulho de ser passofundense
Eu respondi: sou da terra do trigo
Tenho um povo amigo e quando luta, vence
É um pedaço do Rio Grande amado
Orgulha o estado e o povo riograndense

Já respondi a pergunta seu moço
Me dá licença vou encilhar o cavalo
Brasil afora atravessei os estados
Troteando apressado vim tirar o talo
Pra ver as prendas mais lindas do mundo
Cheguei em Passo Fundo no cantar do galo