Hélio Moro Mariante

Cel. BM-RS Helio Moro Mariante

Nasceu em Caxias do Sul, em 21 setembro 1915 e faleceu em Porto Alegre aos 90 anos de idade, no Hospital da Brigada Militar. Era patrono em vida de uma cadeira especial da AHIMTB, homenagem a Brigada Militar do Rio Grande do Sul, da qual foi um dos seus maiores historiadores.

Era formado em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Era sócio correspondente do Instituto de História e Geografia Militar do Brasil e efetivo do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul do qual foi secretário bem como da Academia de Letras do RGS. Foi presidente da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, 1º vice presidente do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul, do Círculo de Pesquisas Literárias, do Movimento Tradicionalista do Rio Grande do Sul e da Cruz Vermelha do Rio Grande do Sul.

Historiador, tradicionalista e poeta notável, autor de mais de 40 livros entre os quais destacamos: Crônica da Brigada Militar; O Rio Grande em aulinhas; Medicina Campeira e Povoeira; Farrapos, guerra a gaúcha; Chimangos e Pica Paus: Fronteira do Vai Vem; A idade do Couro no Continente D`El Rey; Tropel da Liberdade; O Decênio Heroico; História do Tradicionalismo Sul-Riograndense; Alfredo Ferreira Rodrigues - biografia, etc.

Fundou em 1947 o Museu da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, entidade que muito honrou e que lhe prestou homenagem com Guarda de Honra de cadetes da sua Academia da qual ele foi aluno e mais tarde seu instrutor de História Militar por largo período. Foi de sua lavra estudo proposta do qual resultou a consagração do Ten Cel Cavalaria do Exército Cezimbra Jacques como patrono do Movimento Tradicionalista Gaúcho.

Por seu pioneirismo no assunto na Escola Preparatória de Rio Pardo, conforme abordamos em Escolas do Exército em Rio Pardo 1859/1911 e a seguir na de Porto Alegre, no Casarão da Várzea, para onde ela foi transferida e onde em 1903 com o concurso de alunos militares e de civis fundou o Grêmio Gaúcho.

A AHIMTB preserva dados de sua vida e obra em seu volume de posses nº 19, em 1999, p.46/48. Foi o único Policial Militar elevado a condição de Patrono em Vida de uma cadeira na AHIMTB.

Origem:Cel Cláudio Moreira Bento (foto acima): Presidente da AHIMTB e do IHTRGS.

Editado por Roberto Cohen em 12/03/2005.