Buenas tchê!

A "Página do Gaúcho" para chegar onde está teve a ajuda de um grupo de amigos que faço o registro abaixo, sem muitas milongas e um baita sorriso escrachado de felicidade e agradecimento a eles:

 

César Augusto Guimarães Vidal

Este site é uma homenagem ao antigo amigo que, graças a sua autenticidade, despertou-me o amor às coisas da terra. Que Deus esteja a teu lado se algum dia te perderes dos rumos do pampa, e que ele possa te trazer de volta ao cheiro da mata molhada de chuva e à visão do pôr-de-sol nas coxilhas desta terra. Mais: mantém os amigos, pois eles são o estofo do espírito.

 

Bernardete Angela Manosso

Da empresa N&L, de Caxias do Sul, vem esta mais que especial colaboradora da Página do Gaúcho.
Suas colaborações são como uma represa aberta, que jorra informações capturadas ali e aqui, canalizadas para a Página do Gaúcho e daí para o mundo.
O amor que ela tem pelas coisas da terra, de nossa tradição, cultura, costumes, lendas, danças, músicas é um exemplo para todos aqueles que desconhecem seu próprio torrão.
Do fundo do coração, Angela: Eu, toda a gauchada e amigos do mundo te agradecemos o esforço e gentileza em manter-nos mais próximos de nossa cultura.

 

Antônio Figueiredo

Velho cortador de pedras, moirões, fios de calçada, da região de Tapes (meu avô), que mostrou que a perseverança é algo importante (ainda mais para cortadores de pedra).

 

Des. Cristóvão Daiello Moreira

Homem de espírito alto, amigo, que mostrou que com uma idéia pode-se mover meio mundo (e quase o mundo todo) para "fazer acontecer" - o imenso prédio da escola da Magistratura, em Porto Alegre, é fruto de seu esforço pessoal

 

Guilherme Ambros Pereira

Ex-diretor da Plug-In Informática, pequena e excelente empresa provedora de acesso de internet de Porto Alegre, que hospedou durante muito a cultura do gaúcho. Com ele, não tem burocracia e tu és respondido pelo próprio dono. Se estás insatisfeito com teu provedor, manda um mail para ele e te inscreve na Plug-In. Eu recomendo!

 

Isaac Cohen

Sim, sim, ele mesmo, meu pai -, mostrou aos filhos como, com muita luta, um mascate que vendia chinelas pelo interior do estado conseguiu dar educação e conforto à filharada

 

Os caudilhos missioneiros:Fernando Geraldo Palmeiro, de Giruá; Flávio Haigert, de Santa Rosa e Rui Fontana, de Cruz Alta

Gente amiga e hospitaleira da região que levou ao mundo os sete povos das Missões, exemplo digno de organização e luta pela paz entre os homens. Pessoal de fino trato, onde o senso de justiça é grande e a HOSPITALIDADE te faz te sentir em casa!
E viva a memória de Sepé Tiarajú, índio macanudo e líder das Missões!!

 

João Pedro Lamana Paiva

Se um dia nascesse de novo, gostaria de ser como ele: homem reto, justo, compreensivo, valente e destemido, que nunca se acovardou diante dos inimigos e ainda manteve sua integridade diante dos reveses da vida




Baita abraço

Cordialmente
Roberto Cohen