escultura dos ventos

Há cerca de 5.000 anos, com a subida e descida do nível do mar, formaram-se grandes bancos de areia os quais isolaram as lagoas costeiras do oceano.

O gigantesco cordão litorâneo de dunas é movimentado pelos fortes ventos do quadrante nordeste e sudeste, trazendo ou levando a areia. A fixação das dunas depende da vegetação característica, adaptada às condições extremas desses ambientes. Nas dunas da praia, as primeiras formações iniciam-se no limite das ressacas do mar, com plantas que suportam a salinidade.



dunas
As dunas separam a lagoa do oceano



Em setembro, a margarida-das-dunas tem sua floração, colorindo a paisagem. Escondido em galerias, o tuco-tuco é um pequeno roedor residente das dunas.

Encontram-se ali muitos insetos, répteis e anfíbios. Aves como o piru-piru e o maçarico-de-colar, põem os ovos e vivem o ano todo associados a esse ambiente. O cordão de dunas funciona, ainda, como barreira à invasão da água salgada em ambientes interiores e balneários, protegendo as espécies e a água subterrânea.

margarida-das-dunas
As dunas separam a lagoa do oceano

cobra


(tela principal: http://www.paginadogaucho.com.br/lpeixe)