Você está aqui

Jogos

Este jogo consiste em arremessar, desportivamente, bochas (bolas) de madeira ou de resina sintética, sobre uma cancha de terra batida. A meta é chegar mais perto do balim.
Lembra ainda das regras de bola de gude? Açinha? Lasca? E de como lançar o pião? E girá-lo na mão? Tá na hora de refrescar a memória da infância!
Diversão popular em várias localidades do vale do Jacuí, a Carreira de Bois na "talha" é uma competição de força e adestramento entre bois e touros.
Nos pagos era só de que se falava. Nas estâncias, nos galpões, nos ranchos e bolichos o assunto era o mesmo... Parelheiros de capa e biqueira...
A carreira foi o esporte e jogo do homem do pampa. Fazia parte de negócios que envolviam grandes somas de dinheiro como das brincadeiras telúricas.
Pandorga... funda... bilboquê... bruxa de pano... gado de osso... arapucas... caroços de pêssego... Quem não tem saudades dessas coisas da infância e juventude?
O osso é chamado de taba (ou tava), que é o osso do garrão de rês vacum. O jogo é só de culo ou suerte. Conheça a variadade de jogadas possíveis nesse esporte gauchesco.
Jogo de cartas, variante do monte. Joga-se com 21 ou mais baralhos, de uma caixa que o banqueiro tira 2 cartas, fazendo-se nestas as apostas. Quem ganha é que vale, espia só.
Jogo de cartas entre dois ou quatro parceiros, cada um dos quais recebe três cartas. Quando é apenas entre duas pessoas chama-se truco de mano.