Você está aqui

Anahy de las Misiones

Roteiro


Anahy de las Misiones é a saga de uma mulher e seus filhos lutando pela sobrevivência durante o período mais convulsionado da história do Rio Grande do Sul, a Revolução Farroupilha (1835-1845).


Arrastando um velho carroção sem bois com a ajuda dos filhos - Solano, Teobaldo, Luna e Leonardo, todos de pais diferente - Anahy enfrenta a guerra, a morte e o medo. Mãe-coragem, Anahy só tem um objetivo: manter unida sua família a qualquer custo. Para sobreviver, perambulam pelo Rio Grande no rastro das escaramuças entre os farroupilhas (revolucionários) e caramurus (legalistas, defensores do Império) recolhendo os despojos dos combates e negociando-os nos acampamentos dos soldados e ambas as facções


Em seu êxodo interminável, Anahy tangencia episódios históricos e lendários da revolução, participando de alguns dos acontecimentos mais marcantes da rica epopéia farrapa. Evitando comprometer-se com qualquer um dos lados, acredita que assim a tragédia da guerra não vai envolvê-los.


Inevitavelmente, porém, o conflito se infiltrará em suas vidas e Anahy assistirá impotente à dissolução de sua família. Primeiro é Teobaldo, que se une aos farrapos, incentivado por Manoel, jovem ferido que se agregou ao grupo. Mais tarde, Leonardo morre pelas mãos de um soldado.


Enquanto uns partem, outros chegam. Junta-se aos mascates a morena Picumã, afilhada de Joca Ramires, um velho amigo de Anahy. Luna, que finge ter uma doença contagiosa para evitar o assédio dos homens nos acampamentos, engravida de um médico por quem se apaixonou.


Anahy, no entanto, não se deixa derrotar pelos reveses: "A vida nunca tinha se enfurecido com Anahy de las Misiones como de uns tempos pra cá... Mas ainda sobrevivo a muitos desavindos". À frente do que sobrou de seu clã - Luna, Solano e Picumã - a brava "morocha" avança, sem saber que vai ao encontro de um obstáculo além de sua determinação.




Trailer do filme




Elenco


  • Anahy de las Misiones - Araci Esteves
  • Solano - Marcos Palmeira
  • Luna - Dira Paes
  • Joca Ramires - Paulo José
  • Picumã - Giovanna Gold
  • Leonardo - Fernando Alves Pinto
  • Manoel - Matheus Nachtergaele
  • Teobaldo - Claudio Gabriel
  • Médico Pedro - Ivo Cutzarida



Comentários



Com o prêmio de primeiro edital do Resgate do Cinema Brasileiro/MinC, a produtora Monica Schmiedt, associada a Gisele Hiltl e Sérgio Silva, deu início a captação de recursos junto a iniciativa privada através da venda dos certificados de investimento da Lei do Audiovisual.


Com o apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Sul e das prefeituras dos municípios gaúchos de Uruguaiana, Caçapava do Sul e Cambará do Sul, a produção conseguiu concretizar a realização de Anahy de las Misiones, levando para as telas uma história ambientada numa região e numa época pouco conhecidas dos brasileiros.


Para mostrar esse Brasil praticamente inédito no cinema a equipe de Anahy percorreu o Rio Grande do Sul de oeste a norte, num total de 900 km. Chegar a algumas das 20 locações do filme foi uma tarefa árdua: às vezes, a própria equipe tinha que construir seu caminho. Pelo menos 50 km de estradas foram abertos com patrola, sem falar da restauração de outros 60 km intransitáveis.


A cenografia e o figurino de Anahy de las Misiones mereceram um acurado levantamento histórico. Foram produzidos uniformes militares, trajes civis, carroças, armamentos, utensílios, num trabalho de reconstituição de uma época cujas referências são escassas. Talvez o maior esforço nesse sentido tenha sido a construção da réplica do barco Seival, puxado por terra pelos homens de Garibaldi e 40 juntas de bois em junho de 1838. Seguindo as dimensões da embarcação original, o caso dessa réplica de 16 metros de comprimento por 4 de altura (sem o mastro).


Montar uma equipe de alto padrão técnico, afinada com os objetivos da produção, é um dos requisitos fundamentais para assegurar a qualidade final de um filme. Na fotografia, Anahy contou com a sensibilidade e experiência do diretor de fotografia ADRIAN COOPER, que captou as amplas paisagens do Rio Grande do Sul e transformou-as em cenários. O argentino JUAN CARLOS MACIAS, premiadomontador, respeitando o tempo do roteiro, imprimiu à edição fluência e agilidade narrativa



Ficha técnica


  • DIREÇÃO: Sérgio Silva
  • ARGUMENTO: Sérgio Silva e Gustavo Fernández
  • ROTEIRO: Sérgio Silva e Gustavo Fernández
  • DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Adrian Cooper
  • DIREÇÃO DE ARTE: Luiz Fernando Pereira
  • DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: Gisele Hiltl
  • PRODUÇÃO EXECUTIVA: Monica Schmiedt, Gisele Hilt e Sérgio Silva
  • MÚSICA: Celso Loureiro Chaves




Contato oficial


  • e-mail: anahy@mschmiedt.com.br


  • Produtora:

    M. Schmiedt Produções

    rua Marques do Pombal, 1824/307

    Porto Alegre/RS • CEP: 90.540-000

    Fone/fax: (051) 343.2865 / 342.1544



Imagens

Clique na imagem abaixo para slideshow de outras