rancho · carnes · apetrechos · assado · fotos · arredores · @
Tudo o que você queria saber para fazer um churrasco, mas tinha receio de perguntar!
Alicerçado na "queima" de vários rebanhos de gado bovino, centenas de ovelhas, metros de lingüiça, nos colocamos a disposição dos internautas interessados em produzir, para a parceria, um churrasco decente. Com direito a aplausos e convites para um próximo!
E o melhor de tudo, você pode dizer que organizou o churrasco sózinho...
Se quiseres podemos conversar sobre roteiro, receitas, compra, corte e preparo das carnes, apetrechos e tudo mais. Desde um churrasquinho básico familiar, passando por assados maiores, onde quantidades e sequência são importantes, até churrascos de grande porte.
Este roteiro, para umas 15 pesoas inclui beliscativos, receitas de saladas, escolha dos tipos de carne, preparo, fogo, salga, seqüência e cuidados. Tudo detalhado.
Veja como é barbada fazer um baita churrasco


 

Beliscativos

Azeitona temperada
Em um pote com tampa coloque 300g de azeitona preta chilena, metade da água, meio copo de azeite de oliva, uma colher de sopa de orégano, e um dente de alho esmagado ou micro picadinho. Misture tudo e deixe curtir na geladeira de um dia para o outro.
Queijo Esperto
Corte umas 400 g de queijo de minas em cubinhos. Tempere com sal, tabasco (molho de pimenta) ou molho inglês, azeite de oliva e cebolinha picadinha ou manjericão. Misture com carinho e sirva ao palito.
Pão de Assador
Calcule um pãozinho per capita, abra ao meio sem separar, passe uma mistura de manteiga, alho esmagado e orégano. Coloque numa grelha dupla, pincele com o resto da manteiga temperada e leve ao fogo por alguns minutos. Esse pão tem um senão, fica tão bom que se não segurar a turma vai matar a fome com ele.

Salada à minha moda
Corte uns 12 tomates bonitos e maduros, em gomos, coloque em uma travessa e tempere com 2 colheres bem cheias de maionese, orégano, um pouco de azeite e sal, misture e deixe "caldear" por uns 20 min. na geladeira.
Cebola no espeto
Espete algumas cebolas médias, com a casca mas sem a raiz. coloque no fogo e vá virando sempre. Quando amaciar, retire do fogo, tire as cascas, corte em gomos e tempere com sal, bastante azeite e... orégano.

Para o assado própriamente dito
2 Kg de Lingüiça
4 Kg de Costela de Novilho
3 Maminhas de Quilo e meio
1 Saco de Carvão
Sal Grosso ou médio
Farinha de Mandioca

   Espete as lingüiças ou coloque em grelha dupla.
Peça para o açougueiro cortar a costela em tiras de 8 a 10 cm de largura, prefira a parte central da costela (janela), espete em espetos simples.
   As maminhas podem ir para a grelha. As vezes eu tiro um triangulo da parte mais larga da maminha, para ela ficar com jeito de lombo de porco e asso espetada.
   As aparas uso para fazer um tipo de xixo, para aperitivo, entremeado com cebola e pimentão.
   Acenda o fogo quando chegar o primeiro parceiro, para não correr o risco de aprontar a carne antes do povo chegar.
   Assador com horário, achando que é almoço, não se cria!
   Fogo pronto e parelho coloque as lingüiças mais em baixo e as costelas no alto. Asse as costelas com o osso para baixo. Deixe os ossos branquearem e, então vire a graxa para o fogo. Se for muito larga deixe assar de lado.
   Deixe as carnes pegarem cor e calor antes de salgar: tire do fogo e espalhe - sem exagero - sal grosso ou médio por toda a carne. Volte ao fogo e deixe branquear o sal. Evite salgar a carne salgada antes de botar no fogo, pode ressecar e ficar com excesso de sal!
   Se a carne ficou sem sal, coloque um pouco de sal fino na farinha de mandioca.
É hora do uisquinho, cachacinha ou caipira, senão cerveja "mofada". Cuidado com o excesso de beliscativos, senão o índio se apronta antes do churrasco. Quando a lingüiça estiver dourada coloque o pão para servir junto.
Dê um tempo pro pessoal conversar, tomar mais uma, e ficar com fome de novo antes de tirar mais carne. Vá servindo aos poucos, na taboa, para não esfriar, corte (com uma faca boa e afiada) pedaços pequenos ou médios, nada de tracanaços que são difíceis de cortar e que esfriam rápido.
   Coloque a farinha de mandioca num canto da taboa, ou numa cumbuqinha ao lado da mesma. Sou contra a farinha temperada, tão na moda, o sabor e cheiro de conservantes tiram todo a pureza da carne assada só no sal.
   Intercale as bem passadas, com as ao ponto (caldeadas), para não haver resmungação. Para os apreciadores de carne esturricada, explique que o nosso suco gástrico não dissolve bem o queimadinho, que nada mais é do que carvão, carne no ponto certo facilita a digestão e a saúde.
   Costela tem de ser bem passada, a maminha deve ser cortada quando está rosada e com caldo. Experimente passar um naco de pão na taboa e colocar uma cebolinha temperada.
Se a carne estiver "meio firmezita" corte em fatias bem finas, para facilitar a mastigação e minimizar a sacanagem do açougueiro.
Cuide do assado até o fim, mantendo as carnes quentes e sem ressecar.    Recomenda-se deixar um pedaço para o tarde, pois depois das saideiras sempre dá uma fominha, lembrando também do já tradicional carreteiro com sobrsa de churrasco.

Recomendações:
- Não ficar mexendo no fogo. Mexa sempre na carne, levantando, baixando etc. Se faltar fogo, coloque alguns pedaços de carvão, com cuidado, por cima do braseiro, sem polvadeira.
- Deixe a carne aquecer bem antes de salgar. Retire a carne do fogo e espalhe o sal por cima. Só uma vez, a carne quente absorve bem o sal sem ressecar! Se ficar com excesso, bata a carne antes de servir.

 
rancho · carnes · apetrechos · assado · fotos · arredores · @